Free songs
Info: 912 254 063 | 223 238 289 E-mail: aptidaocompleta@outlook.pt

PÓS-GRADUAÇÃO EM CRIMINOLOGIA E INVESTIGAÇÃO CRIMINAL

O crime é, cada vez mais, um fenómeno complexo e o atual quadro de riscos e ameaças, em que novas formas de criminalidade assumem especial destaque, exige estratégia e capacidades técnicas acrescidas, competindo à academia, mais do que nunca, constituir-se como pólo agregador de valências, formando e/ou aprofundando conhecimentos dos profissionais, elaborando estudos e apresentando propostas de melhoria.

Este curso de pós-graduação em Criminologia e Investigação Criminal, convocando profissionais oriundos das várias áreas do saber envolvidas no estudo e perseguição do crime, assume-se como uma formação de excelência, onde se congregam o saber académico na área das ciências criminais, com um profundo enquadramento prático, fruto de experiência profissional do seu corpo docente.

A moderna criminalidade trouxe desafios acrescidos, apetrechada com o que tecnicamente há de mais sofisticado e fazendo do mundo o seu palco de atuação.

A evolução da criminalidade, nomeadamente nas suas vertentes organizadas, económico-financeira, informática, ambiental, exigem dos profissionais ligados à Justiça uma preparação humana e técnica cada vez mais intensa.

Também os crimes mais comuns, como os crimes contra as pessoas, ou a criminalidade rodoviária, de elevada expressividade quantitativa e cuja investigação exige meios técnicos de grande complexidade, reclamam por novas abordagens.

É a estes apelos que o saber integrado e interdisciplinar proporcionado pela Pós Graduação em Criminologia e Investigação Criminal visa responder, possibilitando um melhor conhecimento e compreensão de todas as envolventes ligadas ao crime, à dinâmica entre os diversos operadores envolvidos, quer através das sessões teórico-práticas, quer através das visitas de estudo a Instituições intervenientes na investigação do crime, permitindo, deste modo, o contacto direto com a realidade, contemplando, ainda, a realização de conferências por reputados oradores, as quais se constituem como fator determinante no sucesso da formação.

Com grande reconhecimento no mercado de trabalho, as Formações e Pós-Graduações da Aptidão Completa apresentam em diversas áreas uma elevada taxa de empregabilidade dos seus formandos, como resultado do esforço contínuo da Aptidão Completa no apoio à procura de emprego. Estes dados confirmam não só o prestígio da nossa instituição como a qualidade do seu ensino.

A formação pós-graduada distingue-se da formação contínua pela sua maior duração, grau de abrangência, especificidade e pré-requisito da existência no mínimo de um título prévio de licenciatura ou bacharelato. Estes cursos não atribuem o grau académico de mestre nem de doutor.

O Certificado de Formação Profissional de Pós-Graduação é emitido sempre que os formandos atinjam uma classificação final igual ou superior a 10,00 valores. A emissão é realizada através da plataforma SIGO (Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa) coordenado pelo GEPE-Ministério da Educação e Ciência, tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho.

O certificado emitido é válido para a obtenção de créditos (ECTS), na candidatura a um Mestrado ou Doutoramento, ao abrigo do Tratado de Bolonha. Nos termos do disposto no artigo 45.º do Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março, alterado pelo Decreto-Lei n.º 107/2008, de 25 de Junho, rectificado pela Declaração de Rectificação n.º 81/2009, de 27 de outubro, e Decreto Lei n.º 115/2013, de 7 de agosto, com republicação, tendo em vista o prosseguimento de estudos para a obtenção de grau académico (Mestrado ou Doutoramento), os estabelecimentos de ensino superior PODERÃO creditar ECTS.

O certificado emitido pode também ser considerado para efeitos de valorização da candidatura num concurso público ou privado, de acordo com o regulamento específico do concurso.

A Aptidão Completa Formação não é um estabelecimento de Ensino Superior, pelo que, naturalmente, não nos compete a emissão de certificados ou de títulos académicos de Mestre ou Doutorado.


Programa Formativo:

Objetivo Geral Base

Proporcionar formação Certificada aos profissionais que exercem e / ou pretendam exercer carreira profissional em unidades prestadoras de cuidados de saúde.

Requesitos

Proporcionar, aos profissionais que exerçam atividades direta ou indiretamente relacionadas com o crime, preparação científica que lhes permita uma melhor compreensão do fenómeno criminal, dos factores que o condicionam, de psicologia forense e da investigação criminal, facultando os meios teóricos e técnicos que permitam uma visão do tema nas suas várias vertentes.

 

861- Proteção de Pessoas e Bens

Pós-graduação

173 Horas Presenciais

Profissionais das áreas das Ciências Sociais e Humanas, Direito, Polícias, Militares, Profissionais de carreira judiciária e potenciais interessados que pretendam adquirir conhecimentos nesta área.

Não licenciados serão admitidos após apreciação do respetivo curriculum vitae e, caso a coordenação assim o entenda, de entrevista.

 

Planos de Estudo:

  • Criminologia;
  • Psicologia Criminal;
  • Perfis Criminais;
  • Vitimologia;
  • Sociologia Criminal.
  • Dogmática penal;
  • Violência doméstica;
  • Crimes cometidos contra menores;
  • Delinquência e criminalidade infanto-juvenil;
  • Crimes contra a liberdade e Autodeterminação sexual;
  • Crimes contra o ambiente;
  • Criminalidade rodoviária;
  • Criminalidade desportiva.
  • Prova e fases processuais;
  • Meios de obtenção de Prova;
  • Meios de Prova;
  • Videovigilância e tutela de direitos fundamentais

 

  • Relação entre o Ministério Público e os Órgãos de Policia Criminal;
  • Lei de Organização da Investigação Criminal;
  • Leis orgânicas dos OPC,
  • Conteúdo e compatibilização;
  • Medidas cautelares e de policia.
  • Tanatologia;
  • Clínica;
  • Genética;
  • Toxicologia
  • Teoria da investigação criminal;
  • Metodologia de investigação dos crimes violentos;
  • Gestão do local do crime; Criminalidade informática;
  • Combate ao tráfico e consumo de estupefacientes;
  • Combate à corrupção económico-financeira;
  • Vigilância policial e o regime jurídico das acções encobertas para fins de prevenção e investigação crimina;
  • Tráfico de pessoas;
  • Tráfico de armas;
  • Polícia Científica;
  • Bases de dados de perfis de ADN.
  • Relatórios de Criminalidade participada e criminalidade real;
  • Regime Jurídico dos ficheiros informáticos em matéria de identificação criminal;
  • Gestão da informação entre Tribunais,
  • Órgãos de Polícia Criminal e Meios de Comunicação Social.

 

  • Mecanismos de cooperação entre os Estados membros da União Europeia;
  • Protecção de direitos, liberdades e garantias nos diversos Estados;
  • Mecanismos do Direito da União Europeia para tutela desses direitos.

 

 


METODOLOGIAS DE AVALIAÇÃO: Considerando os trabalhos de grupo, classificações nos testes, exercícios práticos, assiduidade, pontualidade, motivação e participação, o formador irá avaliar os formandos e assinalar numa grelha de observação a avaliação correspondente a cada formando.

METODOLOGIAS DE FORMAÇÃO: A APTIDÃO COMPLETA procura sempre adequar os métodos pedagógicos (métodos Expositivo, Interrogativo, Demonstrativo, Trabalhos individuais e/ou grupo, Exercícios práticos e simulações) aos conteúdos programáticos e às características dos formandos para se considerar a utilização das técnicas ao contexto real de trabalho, bem como os ritmos e estilos de aprendizagem de cada formando.

RECURSOS HUMANOS: 3 formadores com experiência na área, Coordenador pedagógico.

RECURSOS MATERIAIS: Projetor de vídeo, quadro branco, material para formação pratica

RECURSOS PEDAGÓGICOS: Manual do formando, cópias dos exercícios práticos

LOCAL E RESPECTIVOS REQUISITOS: Sala de formação com as seguintes características: Ampla, com luminosidade adequada (natural ou artificial), isolada de ruido, capacidade no mínimo para o número de formandos identificado para a ação em causa, equipada com mesas e cadeiras em bom estado e em número suficiente, quadro branco ou flip-chart e com condições para a ligação de equipamento elétrico de apoio à formação.

METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO: Serão utilizados os métodos expositivo, demonstrativo e ativo, recorrendo à análise de casos práticos e a trabalhos individuais e/ou em grupo.

SISTEMA DE AVALIAÇÃO: O sistema de avaliação dos módulos de formação tem por referência os objetivos e os conteúdos fixados nos planos de formação.

A avaliação é feita em cada módulo e é da responsabilidade do formador ou equipa de formadores.

REGIME DE FALTAS:A participação dos formandos na formação é obrigatória, com uma percentagem mínima de 70% das sessões de cada módulo.


PERFIL DE SAÍDA: 

O Certificado de Formação Profissional de Pós-Graduação é emitido sempre que os formandos atinjam uma classificação final igual ou superior a 10,00 valores. A emissão é realizada através da plataforma SIGO (Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa) coordenado pelo GEPE-Ministério da Educação e Ciência, tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho.

 

 

Back to Top
Especializada em formação e consultadoria, a Aptidão Completa tem como proposta trabalhar com planeamento estratégico e soluções customizadas. Com sede em Paredes e actuação em todo o país, é destaque no mercado. Atende pessoas físicas e empresas de médio e grande porte do sector da Segurança Privada entre outros. Para a Aptidão Completa, todo o cliente é único. Para cada cliente e os seus desafios temos uma resposta sob medida, trabalhada de forma integrada, e que articula pessoas, estratégia, tecnologia e serviços numa acção sinérgica, coesa. Inteligência é a base da nossa actuação, presente em todas as etapas do processo do nosso trabalho. Actuando em diversas áreas, prestamos um atendimento diferenciado ao cliente e provê todos os elementos indispensáveis à sua satisfação.